11 de novembro de 2010

Prêmio ARede 2010

Projeto do Araçá Mirim sendo anunciado

Presidente recebendo o Prêmio


"Bons frutos em solo árido", foi o título dado a matéria sobre o Projeto Juventude Incluída, do Instituto Araçá Mirim, na revista ARede nº. 64 de novembro de 2010. A cerimônia da entrega do prêmio de reconhecimento de um trabalho dedicado desde 2008, aconteceu no dia 08 de novembro no Centro Cultural Itaú, cidade de São Paulo, e contou com 17 projetos premiados nas modalidades Setor Público, Setor Privado e Terceiro Setor. "Vencedor do Prêmio ARede 2010 na categoria Sustentabilidade e Gestão, modalidade Terceiro Setor, o Projeto Juventude Incluída agora recebe projeção nacional, o Projeto ataca um dos grandes problemas locais: a falta de oportunidades para jovens no mercado de trabalho, resultado de uma economia baseada apenas em uma atividade, o turismo. Para mudar este cenário, o Instituto Araçá Mirim começou a oferecer cursos de qualificação profissional, empreendedorismo social, gestão de pessoas e competências pessoais, informática básica e avançada, entre outros, a fim de fortalecer a cadeia produtiva do turismo indutor e sustentável na região", como diz a matéria da revista ARede - Premiados de 2010 . Os integrantes da equipe Natalício Junior, Rodney Santos e Fernando Ladeia além da coordenadora do Projeto e presidente do Instituto, Marília Nascimento, foram receber a premiação na cidade de São Paulo.
Palhinha do Maestro João Carlos Martins
No encerramento da cerimônia, nada mais e nada menos que o grande maestro João Carlos Martins, fez uma maravilhosa apresentação com o Quinteto Bachiana que cantou a música "My way" -- do meu jeito -- o que se ouvia, na verdade, era um elogio às pessoas e instituições que, cada uma do seu jeito, realizam trabalhos de inclusão. Todos ficaram emocionados. Principalmente porque o próprio Jean William, filho de um bóia-fria e de uma lavadeira, está se tornando cantor graças ao trabalho da Fundação Bachiana, do maestro João Carlos Martins. 
Uma organização que, mesmo sem se envolver com tecnologia, faz o mesmo que os ganhadores do Prêmio ARede 2010. Por meio do conhecimento, procura dar às pessoas as ferramentas para se incluir, como protagonistas, na sociedade.

Um comentário:

Instituto Araçá Mirim disse...

Ação social no interior da Bahia, ganha rumos nacional. "Bons frutos em solo arido". Isso que somos.
Parabéns a toda a equipe! este dia foi de muita emoção e conquistas. E melhor foi partilhar isso com toda a equipe principal da nossa ação social.
Axé e luz