25 de abril de 2012

Em Lençóis a Casa Afrânio Peixoto promove evento em prol da inclusão social

Fachada da Sede
A Casa Afrânio Peixoto, localizada na cidade de Lençóis é uma biblioteca especializada com livros escritos por Afrânio Peixoto, alem das obras do escritor homenageado, a biblioteca possui livros sobre ciências sociais e história. O espaço está sempre aberto para que a comunidade pesquise e troque experiências e conhecimentos por meio de apresentações artísticas, conferências, exibição de filmes e outras atividades culturais.
Sueli Seixas - Diretora da Casa
   

Nos dias 18 e 19 desse mês a Casa Afrânio Peixoto foi realizado um evento com palestras sobre Inclusão social, tendo como principal objetivo ampliar o conhecimento de estudantes, jovens e adultos. 
A diretora Sueli Seixas, recebeu aproximadamente 30 alunos da Escola Municipal José Senna para a exibição do filme “As quatro Estações na vida de Ludovic”, do diretor canadense Co Hoedeman. Após o filme os convidados poderam conhecer um pouco sobre a vida de Afrânio Peixoto, por meio de textos, fotografias, banners e objetos de artes da Instituição.

Crianças em Atividade na Casa
No dia 19 (Quinta-feira) a Instituição promoveu as 19h, a palestra Na trilha da inclusão social. O evento foi bastante movimentado, a palestra foi ministrada professora Luciene Rufino. O projeto inclusão social faz parte da sala de recursos multifuncionais, vinculado ao Ministério da Educação (MEC). 
Professora Luciene Rufino


Em Lençóis, Luciene Rufino é a coordenadora e atende cerca de 26 pessoas. No processo de inclusão existem quatro fatores importantes para garantir o acesso de pessoas portadoras de necessidades na sociedade. Sendo eles, Garantir educação, trabalho, convívio social e uma vida afetiva regular, esses são os princípios básicos segundo Luciene Rufino. Ao final da palestra, Luciene refletiu sobre a possibilidade de que as limitações das pessoas com deficiências não as torna incapazes de atuarem na sociedade. 
Palestra com a Professora Luciene Rufino




Fotos: Nerivaldo Góes - FPC/ASCOM

Nenhum comentário: